Coleperitoneu por rutura de quisto biliar – a propósito de um caso clínico

  • Cátia Ferreira Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE
  • A. Melo Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • S. Silva Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • J. Lage Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • F. Próspero Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • B. Pinto Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • A. Ribeiro Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • A. Oliveira Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Resumo

Introdução: Os quistos do trato biliar representam cerca de 1 a 3% da patologia hepática benigna e a sua rutura como complicação é extremamente rara. A propósito do tema, os autores apresentam um caso onde a ocorrência de coleperitoneu foi o evento diagnóstico. Caso clínico: Doente do sexo feminino de 72 anos de idade, admitida ao serviço de cirurgia por pancreatite aguda litiásica, com 2 critérios de Ranson. À evolução favorável inicial, seguiu-se agravamento do estado clínico, obstrução biliar, instalação de disfunção multiorgânica e necessidade de admissão em Cuidados Intensivos. Desenvolvimento de ventre agudo que motivou laparotomia urgente onde se constatou coleperitoneu. Realizada descompressão da via biliar principal e colangiografia per-operatória, sem identificação de causa aparente para a fuga biliar. Decidida confeção de laparostomia. Na revisão da laparostomia às 48 horas, efetuou-se nova colangiografia tendo-se identificado quisto biliar roto com fuga de contraste ao nível do segmento hepático IVb. Conclusão: Este caso relata a etiologia bizarra da rutura espontânea de um quisto biliar tendo como forma de apresentação coleperitoneu, enxertado num quadro de pancreatite aguda litiásica.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Biografias Autor

Cátia Ferreira, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE

Interno Complementar de Cirurgia Geral do CHTMAD

A. Melo, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Interno Complementar de Cirurgia Geral do CHTMAD

S. Silva, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Interno Complementar de Cirurgia Geral do CHTMAD

J. Lage, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Assistente Hospitalar de Cirurgia Geral do CHTMAD

F. Próspero, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Assistente Hospitalar de Cirurgia Geral do CHTMAD

B. Pinto, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Assistente Hospitalar de Cirurgia Geral do CHTMAD

A. Ribeiro, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Assistente Hospitalar de Cirurgia Geral do CHTMAD

A. Oliveira, Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro

Diretor de Serviço de Cirurgia Geral do CTHMAD

Referências

1. Miliadis et al.: Spontaneous rupture of a large nonparasitic liver cyst: a case report. Journal of Medical Case Reports 2010 4:2.
2. Jablonska B. et al.: Biliary cysts: Etiology, diagnosis and management. World J Gastroenterol 2012 September 21; 18(35): 4801-4810.
3. Reid-Lombardo et al.: Hepatic Cysts and Liver Abscess. Surg Clin N Am 90 (2010) 679-697.
4. Maulik D. et al.: A rare case of spontaneous acalculus common bile duct perforation presenting as acute abdomen. Case Study Case Rep. 2014; 4(3): 99-103.
5. Torres O. et al.: Tratamento videolaparoscópico do cisto hepático. Rev. Col. Bras. Cir. 2009; 36(6): 493-497.
Publicado
2018-09-08
Como Citar
FERREIRA, Cátia et al. Coleperitoneu por rutura de quisto biliar – a propósito de um caso clínico. Revista Portuguesa de Cirurgia, [S.l.], n. 44, p. 13 - 17, set. 2018. ISSN 2183-1165. Disponível em: <https://revista.spcir.com/index.php/spcir/article/view/534>. Acesso em: 21 nov. 2018.
Secção
Caso Clínico