CONDROSSARCOMA TRAQUEAL GRAU II: RELATO DE CASO

Resumo

Neste trabalho é apresentado um caso clínico de um condrossarcoma traqueal grau II. Os condrossarcomas são neoplasias malignas na região de cabeça e pescoço que possuem uma prevalência de 5 a 12% na população. Podem ser originários na cartilagem, na ossificação endocondral, ou tecido mesenquimatoso da base do crânio. Na região de cabeça e pescoço,a lesão ocorre, principalmente, na base de crânio e frequentemente envolve a região occipital. A cavidade nasal, maxila e laringe podem estar envolvidas, entretanto a literatura é extremamente escassa em relação a casos de condrossarcomas traqueais. O objetivo deste estudo é apresentar um caso incomum de condrossarcoma traqueal e discutir o quadro clínico e seu diagnóstico. Relata-se, assim, um caso de condrossarcoma traqueal em uma paciente de 74 anos, e apresenta-se o conhecimento científico relacionado a este tumor.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Referências

1. Fletcher C.D.M., Unni K.K., Mertens F. World Health Organization classification of tumours – pathology and genetics of tumours of soft tissue and bone. Lyon: IARC Press; 2002.

2. Giuffrida A.Y., Burguento J.E., Koniaris L.G. Chondrosarcoma in the United States (1973-2003): an analysis of 2890 cases from SEER database. J Bone Joint Surg Am; 2009.

3. Evans HL, Ayala AG, Romsdahl MM. Prognostic factors in chondrosarcoma of bone. Cancer. 1977;40:818-31.

4. Forones NM, Filho RJG, Tadokoro H, Freire CAR, Schor N,editor. Guia de medicina ambulatorial e hospitalar de oncologia – UNI- FESP/Escola Paulista de Medicina. São Paulo: Manole; 2004.

5. Tossato, P. dos S.; Pereira, A. C.; Cavalcanti, M. G. P. Osteossarcoma e condrossarcoma – diferenciação radiográfica por meio da tomografia computadorizada. Pesqui Odontol Bras, v. 16, n. 1, p. 69-76, jan./mar. 2002.
Publicado
2022-12-09
Como Citar
MARTINS, Priscila; ANGHINONI BONISSONI, Maressa Daniela; VIEIRA, Daniel Vidal. CONDROSSARCOMA TRAQUEAL GRAU II: RELATO DE CASO. Revista Portuguesa de Cirurgia, [S.l.], n. 53, p. 83-86, dec. 2022. ISSN 2183-1165. Disponível em: <https://revista.spcir.com/index.php/spcir/article/view/768>. Acesso em: 08 feb. 2023. doi: https://doi.org/10.34635/rpc.768.
Secção
Caso Clínico