Ruptura da Glândula Tiróide associada a Trauma Cervical Fechado – caso clínico

  • Arymar Antonio Andrade Junior Hospital São Bernardo em Setúbal
  • Eduardo JCS Ferreira Centro Hospitalar Lisboa Norte Hospital de Santa Maria
  • Tiago Filipe de Melo Porfírio Costa Centro Hospitalar Lisboa Norte Hospital de Santa Maria
  • Augusto Mansoa Centro Hospitalar do Oeste
  • Manuel Nobre Centro Hospitalar do Oeste
  • Antonio Marques Pereira Centro Hospitalar Lisboa Norte Hospital de Santa Maria

Resumo

Embora a lesão de partes moles no trauma cervical seja relativamente comum, a lesão da tiróide é extremamente rara, como ressalta a literatura em Inglês. Os trabalhos relatam que o trauma da glândula tiróide é muito raro em pacientes sem bócio pré-existente. Este artigo relata um caso de trauma cervical contuso numa mulher jovem sem bócio, que resultou em lesão da tiróide diagnosticada por tomografia computorizada (TC) e que foi conduzido de forma conservadora, com uma evolução favorável, sem complicações posteriores.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Biografias Autor

Arymar Antonio Andrade Junior, Hospital São Bernardo em Setúbal

Interno de Cirurgia Geral no Hospital São Bernardo em Setúbal

Eduardo JCS Ferreira, Centro Hospitalar Lisboa Norte Hospital de Santa Maria
Interno de Otorrinolaringologia do Hospital de Santa Maria
Tiago Filipe de Melo Porfírio Costa, Centro Hospitalar Lisboa Norte Hospital de Santa Maria
Interno de Otorrinolaringologia do Hospital de Santa Maria
Augusto Mansoa, Centro Hospitalar do Oeste

Assistente Graduado do Serviço de Cirurgia Geral do Centro Hospitalar do Oeste

Manuel Nobre, Centro Hospitalar do Oeste
Assistente Graduado do Serviço de Cirurgia Geral do Centro Hospitalar do Oeste
Antonio Marques Pereira, Centro Hospitalar Lisboa Norte Hospital de Santa Maria
Chefe do Serviço de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar Lisboa Norte

Referências

Heizmann O, Schmid R, Oertli D. Blunt Injury to the Thyroid Gland: Proposed Classification and Treatment Algorithm. J Trauma. 2006; 61:1012-15.

Saylam B, Çomçali B, Coskun F. Thyroid Gland Hematoma After Blunt Neck Trauma. West J Emerg Med. 2009; 10(4): 247-249.

Fontán FJP, Hernández MS, Vázquez SP, Novoa ML. Thyroid Gland Rupture After Blunt Neck Trauma. J Ultrasound Med. 2001; 20: 1249-1251.

S. Arana-Garza et al. Thyroid Gland Rupture After Blunt Neck Trauma: A Case Report and Review of the Literature. International Journal of Surgery Case Reports 12 (2015) 44-47.

American College of Surgeons, 9th ed. Advanced Trauma Life Support Student Course Manual, 2012.
Publicado
2017-03-30
Como Citar
ANDRADE JUNIOR, Arymar Antonio et al. Ruptura da Glândula Tiróide associada a Trauma Cervical Fechado – caso clínico. Revista Portuguesa de Cirurgia, [S.l.], n. 40, p. 51-53, mar. 2017. ISSN 2183-1165. Disponível em: <https://revista.spcir.com/index.php/spcir/article/view/531>. Acesso em: 23 nov. 2017.
Secção
Caso Clínico